Suicidas, Raphael Montes

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Sinopse oficial: Um porão, nove jovens e uma Magnun 608. O que poderia ter levado universitários da elite carioca - aparentemente sem problemas - a participar de uma roleta russa? Um ano depois do trágico evento, que terminou de forma violenta e bizarramente misteriosa, uma nova pista, até então mantida em segredo pela polícia, ilumina o nebuloso caso. Sob o comando da delegada Diana Guimarães, as mães desses jovens são reunidas para tentar entender o que realmente aconteceu, e os motivos que levaram seus filhos a cometer suicídio. Por meio da leitura das anotações feitas por um dos suicidas durante o fatídico episódio, as mães são submersas no turbilhão de momentos que culminaram na morte de seus filhos. A reunião se dá em clima de tensão absoluta, verdades são ditas sem a falsa piedade das máscaras sociais e, sorrateiramente, algo maior começa a se revelar.




   Conheci o trabalho do Raphael Montes ano passado e indiquei seu livro O Vilarejo pra ler no fim de semana, lembram? Fiquei apaixonada com a narrativa e a capacidade dele de envolver o leitor, e desde então os outros livros dele (Suicidas e Dias Perfeitos) entraram definitivamente na minha lista de desejos. Essa semana, com a chegada do Kindle que ganhei de presente (pensa numa pessoa feliz), dei uma guinada nas minhas leituras pendentes e resolvi colocar no topo da lista o aparentemente menos famoso (mas super premiado!) Suicidas. Confesso que tive um medinho de ser um daqueles livros que a crítica fala bem, que ganha vários prêmios mas... Não rola. Eu tenho um verdadeiro talento pra não achar graça em filmes e livros aclamados pela crítica. Bom, vamos falar do que interessa?








SORTEIO - 6 MESES DE OLHEI NO RODAPÉ

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Depois de Você (Jojo Moyes) | O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares (Ramson Riggs) | Uma Curva no Tempo (Dani Atkins)
   Criei o Olhei no Rodapé ano passado, pra tirar da cabeça a saudade de alguém que eu amava (e ainda amo) e que estava morando à kilômetros de mim. O blog acabou virando muito mais que uma distração, e hoje faço cada post com ainda mais carinho e dedicação do que antes. Pedi por um novo layout, profissional desta vez. Estudo mais português para não cometer nenhum erro grosseiro e abro um sorrisão para cada comentário, novo seguidor no Twitter ou curtida no Facebook. Além disso, ando conhecendo uma galera muito especial pareci narrador da Sessão da Tarde, agora? Que péssimo que partilha a paixão pela leitura. Gente com quem me dou super bem, admiro e ainda quero conhecer. O blog já me fez muito bem em apenas alguns meses! É gostoso partilhar opiniões, saber o que mais pessoas pensam e debater de forma saudável.








A Montanha e o Rio, Da Chen

sexta-feira, 24 de junho de 2016


Sinopse oficial: narra a saga de dois irmãos que trilham caminhos distintos, mas cujas vidas se encontram quando se mesclam inevitavelmente aos acontecimentos que marcam a história política e social da China no final do século XX. Numa trama repleta de conspiração, mistério e paixão, Tan e Shento se tornam inimigos ferozes tanto no campo político quanto no pessoal, pois por um capricho do destino se apaixonam pela mesma mulher. Com esta história envolvente que levou oito anos para ser concluída, Da Chen, conhecido por suas obras memorialísticas, faz sua primeira incursão pela área da ficção. A marca dele está cem por cento presente nesta narrativa que possui também traços do romance histórico e é perpassada pelas milenares tradições do Oriente e suas relações com o mundo ocidental. 

   A Recomendação de leitura para você começar (ou quem sabe fazer completa!) nesse fim de semana é um tanto quanto... Exótica. Digamos que seja muito difícil encontrar pela blogosfera atual, mesmo em blog literários, uma resenha sobre um livro tão expressivo quanto A Montanha e O Rio. Por isso mesmo (e por acreditar fortemente no poder envolvente dele) é que resolvi indicá-lo pra vocês no Domingando dessa semana. 







Especial MBY #5 - Eu amo alguém depressivo. E agora?

quarta-feira, 22 de junho de 2016


   Louisa Clark tem certeza de que pode convencer Will a enxergar a vida de forma positiva. Ela tem a convicção de que pode mostrar a ele todos os aspectos bons de continuar lutando, todos os sorrisos que ele ainda pode dar e todas as aventuras que ele ainda pode viver, mesmo após o acidente. Contudo, o que Louisa se esqueceu (e preciso dizer que aparentemente muitos leitores de Me Before You também) é que Will muito claramente fica depressivo após o acidente. E o que isso muda? Tudo. Esse último post do Especial Me Before You é muito delicado. Vamos conversar sobre o que é amar alguém que tem depressão assim como...Will Traynor.







O "Tinder" de livros! Conheça o Book4You

segunda-feira, 20 de junho de 2016

   Ninguém gosta de segunda-feira, mas eu vou tentar dar uma animada: vocês sabiam que existe um lugar em que vocês conseguem conhecer um livro direto pela sinopse? Aquela mania que muita gente tem (inclusive eu) de dar atenção pra um livro apenas pela sua capa ou seu título pode sumir de vez. E o melhor: não é aplicativo e é de graça!
   O Book4You é um site ainda em fase de experimentação, mas que eu garanto: quebra aquele galho quando você não sabe o que ler! Você escolhe uma categoria (tem várias: para ler em dois dias, Bestsellers, e muito mais) e o site te apresenta uma sinopse. Se não curtir, é só clicar no X. Caso você goste daquela sinopse apresentada e clique no coração, o site te dá o nome do livro e te indica lugares onde você pode comprá-lo! Não é demais? Eu não conhecia e fiquei super viciada, já adicionei uns 10 livros na minha lista de quero ler. Me contem o que acharam?! Beijo e até o próximo post!







Especial Me Before You #4 - O filme!

quinta-feira, 16 de junho de 2016

   A expectativa foi enorme. Desde que li Como Eu Era Antes de Você (vocês lembram da resenha? Tem aqui!), fiquei ansiosíssima pra ver sua adaptação para os cinemas. Sabe aquele medo de um filme simplesmente destrua tudo o que você demorou páginas e páginas para construir na sua imaginação? Pois é. Quem ama ler e nunca voltou do cinema frustrado com algum adaptação que não fez jus ao que esperava, que atire a primeira pedra. Pois esse post é pra contar pra você os motivos pelos quais Me Before You dificilmente vai entrar nessa listinha de decepções. Vem comigo que eu te conto TUDO e sem estragar a surpresa: sem spoilers! Clica no Continue lendo aqui em baixo que é sucesso!








Recomendações do mês - Junho

quarta-feira, 15 de junho de 2016

   Fala, galera! Tô toda feliz hoje porque o blog tá quase alcançando 400 seguidores no Twitter. Agradeço muito a cada pessoa que dedica um pouquinho do seu tempo pra deixar um comentário aqui (faço questão de responder todos) ou nas redes sociais. Eu tenho esse blog porque amo falar sobre o universo da literatura, mas é uma delícia saber que estou sendo ouvida de algum modo.

   Bom, deixando as manifestações de afeto só um pouquinho de lado, hoje eu volto com os posts de recomendação, divulgando aqui no blog endereços que conheci durante meus passeios Internet a fora e que achei muito legais. Lembrando que não é uma troca de favores de forma alguma! É claro que eu fico feliz quando recebo um agradecimento ou comentário por ter indicado alguém, mas faço isso pra divulgar o trabalho de gente que capricha no que faz. Vamos lá?








Especial Me Before You #3

terça-feira, 14 de junho de 2016

Esse post é o terceiro do Especial Me Before You. Não sabe do que se trata? Clica aqui.
   Esse fim de semana quase tive um treco. Além de ganhar um Kindle do namorado (que não lê o blog, mas mesmo assim vou mandar um beijo pra ele: beijo, Victor, amor!), a gente foi pegar um cineminha e adivinhem quem estava com sessões em cartaz? Isso mesmo. Me Before You  teve sessões de pré-estreia durante o fim de semana dos namorados, mas tudo esgotou tão rápido que poucos foram os sortudos a verem o filme. Além disso, fiquei sabendo que as meninas do Curiosa Metamorfose tiveram a péssima experiência de pegarem sessão com um pessoal que simplesmente dava risada nos momentos emocionantes do filme. Ninguém merece! Eu passei por isso em Garota Dinamarquesa e não foi nada agradável. As pessoas poderiam ter um pouco mais de noção nos cinemas, né? Enfim, deixando o desabafo de lado... Você sabe se a cidade com o castelo retratado no livro de fato existe? E a decisão de Will, é possível de ser tomada de fato? Se você não leu o livro, cuidado! Pode conter spoilers!








O Orfanato da Srta. Peregrine..., Ransom Riggs


Foto por: A Quimera blog
Sinopse oficial: Eleito uma das 100 obras mais importantes da literatura jovem de todos os tempos, O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares, é um romance que mistura ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigoas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas.

     Quanto tempo sem resenhas! Mas voltei com tudo. Esse livro é um daqueles que você dá de cara na livraria e enlouquece pelo título + capa, sabe? Pelo menos foi assim comigo. Achei a capa esquisita e o título mais ainda, e confesso que adoro uma bizarrice... Não pensei duas vezes e trouxe pra casa; só mais tarde descobri que se trata de uma trilogia seguida ainda por A Cidade dos Etéreos e Library of Souls, este último ainda não lançado oficialmente (o título tem tradução livre para algo como A Biblioteca de Almas. Se tem algo que Ransom Riggs faz bem é escolher título!). No Brasil, a editora responsável pela publicação da saga é a Leya. Finalmente, eu resolvi dar uma chance pro livro sobre As crianças X-men, como disse meu namorado...







NOVO LAYOUT!

segunda-feira, 13 de junho de 2016

   E aí, todo mundo sobreviveu ao fim de semana de Dia dos Namorados? Não sei vocês, mas eu sempre acho que fica tudo lotado em fins de semana com datas comemorativas. Fora que quem tá solteiro tem que suportar posts amorosos nas redes sociais, vitrines cheias de corações, comerciais temáticos e toooda aquela publicidade que vocês já sabem. Enfim, vamos falar de coisa boa? Iorguteira Top Therm

   O blog tá de cara novíssima! O Layout anterior tinha sido todo feito por mim mesmo, que não entende nadica de nada de html. Então, resolvi dar um up no visual do Olhei no Rodapé contratando a linda da Maidy, que fez esse trabalho incrível que vocês tão vendo!

   O layout novo foi instalado esse fim de semana, então pode ser que vocês ainda se deparem com algumas mudanças até semana que vem. Porém as categorias e o estilo dos posts vai continuar igualzinho! Vou ficar super feliz se vocês tiverem sugestões de mudança e me ajudarem nessa, viu?

   Amanhã tem dois posts: um do Especial Me Before You (tinham sessões especiais do filme esse fim de semana! Vocês viram?) e outro surpresa. Espero vocês!
 







Especial Me Before You #2

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Esse post faz parte do Especial Me Before You. Você pode conferir tudo sobre essa série de posts aqui neste link, ou pode escolher outras categorias no menu!

      Dando continuidade ao nosso Especial, vamos falar sobre o processo de produção do filme! Se você perdeu o primeiro post, em que conversamos sobre a Jojo Moyes e sua trajetória, você pode acessar esse link! A enquete para saber qual o assunto que vocês mais gostariam de ver já foi encerrada, mas vocês podem contar o que estão achando e o que gostariam de encontrar nos próximos posts através do Twitter ou Facebook. Aliás, isso vale para todos os posts! Não deixem de me contar a opinião de vocês.

     Que Emilia Clark (A Daenerys de Game of Thrones) e Sam Claflin (O Finnick de Jogos Vorazes) irão dar vida a Lou e Will muita gente já sabe. Mas fazendo esse post pra vocês eu confesso que descobri que o Matthew Lewis (o Neville da saga Harry Potter) vai viver o Patrick! Isso só dá mais peso ainda para o elenco do filme, porque todas essas sagas têm muitos fãs e é bem possível que as salas de cinema lotem ainda mais do pessoal que acompanha o trabalho de todos esses atores.







Prazer, Meu Nome é... Thalita Rebouças

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Foto: Casé Assessoria
   
Estavam com saudades da categoria Prazer, Meu Nome É...? Eu confesso que eu estava! Adoro escrever posts desse tipo porque acabo conhecendo muito mais sobre os autores, suas obras, seus estilos... Gente curiosa é assim mesmo. 

Hoje a gente conversa sobre a brasileira carioca Thalita Rebouças. Ela é autora de vários livros que fazem muito sucesso por aqui, mas sua série mais conhecida é a Fala Sério... Tem Fala Sério, Professor!, Fala sério, Amiga!, Fala sério, Amor!, dentre outros. Cada um deles é uma coleção daquelas histórias gostosinhas de ler, que a gente adora discutir em mesa do bar (ou no intervalo da escola, dependendo da sua idade) e acaba rendendo boas risadas ou até lágrimas.

   A Thalita começou faculdade de Direito mas trancou e foi pra Jornalismo, curso que amou logo de cara. Ela conta que adorava escrever desde muito cedo e que sempre foi fera em português. O mais bacana, porém, foi que Thalita lutou muito pelo seu lugarzinho nas estantes: sua primeira bienal foi uma "pagação de mico", como ela mesma define: até bater palma e gritar pra chamar o pessoal pro estande da editora ela fez. O resultado? Muitos exemplares vendidos e muitos autógrafos. Quando seu livro de estreia (Traição Entre Amigos) foi pra segunda edição, Thalita pegou ainda mais pesado na divulgação e hoje já vendeu por volta de 1 Milhão de livros! É pra se inspirar demais, né? Se você quiser conhecer (ou relembrar) mais ainda sobre o trabalho dessa linda, tem site oficial dela! De cara, adianto que é impossível não se identificar com pelo menos um de seus títulos. 

Então é isso, pessoal! Uma conversinha rápida sobre uma autora brasileira que muita gente adora é bom pra começar a semana com o pé direito, né? Amanhã tem o post #2 do Especial Me Before You. Vejo vocês lá! 







Especial Me Before You #1

quinta-feira, 2 de junho de 2016

  
Esse é o primeiro post do Especial Me Before You. Não tá sabendo do que se trata? Dá uma olhadinha nesse post.

Pauline Sara Jo Moyes (sim! Esse é o nome completo dela!) tem 47 anos e nasceu em 4 de agosto. Começou a trabalhar antes de entrar na faculdade, sendo que seus empregos incluíram desde atendente de telemarketing até leitora de braile. Vale lembrar que, em Londres (onde Jojo nasceu e morava naquela época) essas são profissões que pagam em média um salário mínimo (cerca de £ 850). 

Depois, Moyes ingressou na Royal Holloway, uma Universidade pública de Londres. Lá, ela cursou Jornalismo e há singelos 22 aninhos atrás a ganhou uma bolsa para sua pós graduação. Diferentemente do Brasil, na Inglaterra existem instituições privadas voltadas para o financiamento e apadrinhamento estudantil mesmo na pós-graduação. Foi no jornal que lhe cedeu a bolsa (o The Independent, um dos mais importantes do país) que Jojo trabalhou por 10 anos antes de resolver se dedicar de vez aos seus livros.

Se você pensa que o sucesso veio rápido pra ela, pode ter uma surpresa: Jojo escreveu nada menos que oito livros antes do enorme sucesso de Como Eu Era Antes de Você. Entre eles, está o hoje famoso A Última Carta de Amor, que foi escrito e lançado em 2010: dois anos antes do MBY. 

Uma característica bem marcante de Jojo é que ela costuma dizer que, se não chora enquanto está escrevendo seus livros, não está fazendo um bom trabalho. Suas protagonistas são sempre muito fortes, determinadas e mulheres meigas, porém geniosas e marcantes - não existe no universo Jojo aquela história de "pobre mocinha indefesa". Isso não é incrível? Eu mesma cansei de ler romances em que a mulher se colocava no papel de apaixonada, vulnerável, delicada e idiota...

Em termos de prêmios, Moyes já faturou o Romantic Novelist’s Award, uma importante premiação britânica, duas vezes! Seus romances são, de forma geral, muito bem recebidos pela crítica e mais ainda pelo público. Ela tem muitas obras que não possuem versão aqui no Brasil ainda... Quem se arrisca no inglês pode tentar devorar essa lista toda:

❣   Sheltering Rain
❣   Foreign Fruit
❣   The Peacock Emporium
❣   The Ship of Brides
❣   Night Music
❣   The Horse Dancer
❣    Honeymoon in Paris

 Aqui no Brasil, já temos publicado: A Última Carta de Amor, Como Eu Era Antes de Você, Um Mais Um, A Garota que Você Deixou para Trás, Depois de Você, Em Busca de Abrigo, A Casa das Marés e Baía da Esperança. Ufa! Confere só as (lindas e delicadas) capas nacionais (é só clicar na imagem pra vê-la em tamanho maior):

Imagem: blog Mais que Livros


Vocês sabiam que a própria Jojo foi quem escreveu o roteiro da sua primeira adaptação cinematográfica? Apesar dessa capacidade em se superar (igualzinho a Louisa), a melhor amiga da autora diz que ela se parece muito com a protagonista de Um Mais Um, Jess: uma moça otimista e persistente. Jojo se define como um pouco de cada personagem sua, e confessa que hoje em dia escreve simplesmente quando dá tempo! Afinal, ela tem três filhos. Mora com o marido em uma fazendo em Essex e diz que umas três ou quatro vezes por ano precisa viajar pra conseguir tirar as distrações da cabeça e ser produtiva. O fato é que Jojo já virou queridinha de muitos leitores pelo mundo!

E aí, gostaram? Contem pra mim o que tão achando desse e de outros posts! Um beijão e até mais!


 
© Olhei no rodapé - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
imagem-logo